quarta-feira, 3 de maio de 2017

romance

num recorte de memória 
pendurado no meu peito

corre um rio de dor e lágrimas 

um rascunho de mil páginas 
sobre um amor rarefeito 

Nenhum comentário:

Postar um comentário