quarta-feira, 2 de março de 2011

O mesmo espaço



Fechar os olhos,
A ausência do tempo, do chão sob os pés.
A eternidade em câmera lenta,
Sensação próxima a de voar.

O toque que transforma dois em um,
Que escreve nas entrelinhas a reciprocidade.
O perfume enraizado na alma,
O gosto, o sussurro ao pé do ouvido.

O calor escaldante molhou o lençol...

Os corpos ocupam o mesmo espaço.

2 comentários:

  1. Ótimo, rapaz!

    Estamos com um site para divulgar blogs e sites!
    http://blogsliterarios.benfazeja.com/
    abraço

    blog
    Site Comunidade Literária Benfazeja

    ResponderExcluir