quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Utopia

Foto: Alberto Blank

Eu me reporto ao desconhecido
Onde é singelo o extraordinário
Onde as ruas levam ao inesperado
E o acaso é pura rotina
Eu me acordo quase todo santo dia
E pego carona em planos incertos
Repletos de utopia
Pouco me importo com as possibilidades
O meu destino seria o fim nessa cidade
Se não fosses tu
Oh poesia!

2 comentários: